Entrega Grêmio!



Eis a nova campanha que está sendo disseminada pelas redes sociais, principalmente no orkut e no twitter: Entrega Grêmio! Afinal, o Tricolor gaúcho não tem mais nada a perder, e o que é pior, nem a ganhar na última rodada do Campeonato Brasileiro no próximo domingo, dia 6 de dezembro. O último objetivo já foi alcançado, passou pelo Brasileirão invicto em casa.

Mas a principal razão da campanha vem a ser outra. Se o Grêmio vencer o Flamengo no Maracanã, estará dando grandes chances ao principal rival, o Inter, de ser campeão. Isso porque o time carioca está na ponta da tabela, com 64 pontos, seguido pelo gaúcho, com dois pontos a menos. Ou seja, colorados viraram gremistas. E gremistas viraram flamenguistas.

Confirma abaixo o novo canto da torcida do Grêmio, publicado no Globoesporte.com.

Coincidências...

O futebol brasileiro é cheio de "coicidências". Incrível. Uma das últimas aconteceu com o Atlético Goianiense, time que se classificou para a série A do Brasileirão do ano que vem. O presidente do clube é Valdevino de Oliveira Filho que é também secretário da Fazenda do governo do Distrito Federal, de José Roberto Arruda, do DEM.

Arruda, por sua vez, acaba de ter seu nome envolvido num imenso escândalo chamado de "mensalinho" (veja matéria completa no site da Folha de S. Paulo). O escândalo, ainda por cima, envolve uma das empresas que patrocina o time goianiense, a Linknet.

Para completar a lista de coicidências, o banco BMG, outro patrocinador do Atlético, pertence a Ricardo Guimarães, ex-presidente do Galo e nacionalmente conhecido no escândalo do valerioduto, ou do mensalão.


Os melhores do Brasileirão

Foram anunciadas ontem, no Museu do Futebol, em São Paulo, pelo técnico da seleção brasileira, Dunga, e o assistente técnico Jorginho, os finalistas que concorrem ao prêmio "Craque do Brasileirão 2009" da CBF. Em sua quinta edição, a premiação tem sete jogadores da dupla Grenal concorrendo: Victor, Réver e Souza, do Grêmio; Kleber, Guiñazu, Sandro e Giuliano, do Inter (veja a tabela completa no final do post).

Serão premiados os melhores jogadores por posição (Ouro, Prata e Bronze), os melhores treinadores, melhores juízes, Craque do Campeonato, Revelação do Campeonato e o Craque da Galera, este através da votação no site do Globoesporte.

Os vencedores serão premiados em 7 de dezembro, na tradicional cerimônia do dia seguinte ao fim da competição, no Partque do Flamengo, Rio de Janeiro.


Inforgrama retirado da Zero Hora de hoje com os jogadores e técnicos que disputam o prêmio "Craque do Brasileirão 2009":

Inter com 93%


Giuliano comemorando o gol que fez contra o Atlético-MG  (Foto: Vipcomm)

O Colorado renasceu. É esse o discurso dos veículos de comunicação nesta segunda-feira. Após vencer o Atlético-MG por 1 a 0 ontem, no Mineirão, o Internacional foi a 59 pontos e galopou para o 3o lugar da tabela. Inacreditável. Agora, o time gaúcho tem 93% de disputar a Libertadores do ano que vem.

Apesar de ter feito o seu trabalho, o time gaúcho não teria voltado ao G4 se não fossem os vacilos dos adversários diretos. O Palmeiras perdeu para o Grêmio na quarta (veja neste post) e caiu para a 4a colocação com 59 pontos - com uma vitória a menos que o Colorado. Com 56 pontos estão Atlético-MG, que perdeu para o próprio Inter, e está em 5o; e o Cruzeiro, em 6o, pois empatou com o Atlético-PR.

Para embolar ainda mais o campeonato de pontos corridos, o líder São Paulo perdeu para o Botafogo, time que vem lutando contra o rebaixamento, por 3 a 2, permanecendo com 62 pontos; e o vice-líder Flamengo empatou em 0 a 0 com o Goiás, indo a 61 pontos.

Faltandos apenas duas rodadas para o fim do Brasileirão, a matemática não garante o título a nenhum dos cinco times com chaces reais. O São Paulo tem 99%, o Flamengo, 98%. O Palmeiras ficou para trás, com 72%. Eauqnto o Atlético-MG tem 22% e o Cruzeiro, 16% (informações do ClicEsportes).


Ouça o comentário de José Alberto Andrade no programa Esportes ao Meio Dia da Rádio Gaúcha:

Bruna na África

Depois de 15 dias, há exatamente uma semana a estudante de Arquitetura Bruna Mayer voltou da África do Sul. Pela primeira vez, ela e a família – a mãe Sandra, o pai Wilson, a irmã Daiane e o cunhado Daniel Iserhard - atravessaram o Atlântico e visitaram o país que será sede da Copa do Mundo de 2010.

O principal motivo – ou a desculpa – para a viagem foi a apresentação de um trabalho de Sandra em um congresso em Stellenbosch, cidade de vinícolas. Isso e ainda o fato dos dindos de Daiane estarem morando na Cidade do Cabo há um ano e meio.

“É muito difícil dizer o que eu mais gostei, esta viagem me abriu a cabeça para conhecer novas pessoas, culturas, arquitetura. É tudo muito diferente de nós. Cada lugar que visitei foi especial de alguma forma”, contou Bruna.

Entre os lugares visitados pela família Mayer estão alguns dos estádios sedes do próximo mundial de futebol que acontece entre 11 de junho e 11 de julho (veja o mapa com todas as sedes no final do post). O primeiro deles foi o Ellis Park, localizado em Johannesburgo, conhecido como o “Estádio da Coca-cola” (veja foto abaixo). Depois de reformado, sua capacidade é de 62.567 espectadores. Vale lembrar que é o estádio mais moderno do país. Além de cinco partidas da primeira fase, o estádio receberá uma partida das oitavas de final e uma das quartas de final.


Daniel, Daiane, Sandra, Bruna e Wilson em frente ao Ellis Park


O segundo estádio fica em Pretória. Mas nós só passamos na frente. Como era noite, não conseguimos tirar fotos”, lamenta a viajante. O que Bruna não conseguiu ver é que o Loftus Versfeld, cuja capacidade é de 51.762 torcedores, está com holofotes, sistema de som, painéis e telhado novos para satisfazer as exigências da FIFA e abrigar jogos da fase de grupos e das oitavas-de-final da Copa 2010, num total de cnco partidas.

O último a ser visitado foi o estádio Green Point, atualmente chamado de African Renaissance, sediado na Cidade do Cabo (veja foto abaixo). “Ele está todo em obras. Não tínhamos nem como estacionar perto, porque inclusive as estradas em volta estão fechadas”, contou Bruna. Construído especialmente para a Copa do Mundo, sua cobertura será retrátil e o estádio terá capacidade para 70 mil torcedores. Receberá seis jogos da primeira fase, uma oitava-de-final, uma quarta-de-final e uma semi-final.


Bruna Mayer admirando o estádio Green Point

Sobre o clima da copa no país, a estudante disse que esperava mais dos africanos. “Eles estão empolgados, mas acho que não tanto quanto os brasileiros vão ficar em 2014”. No entanto, o país está investindo na infra-estrutura. “Todas as cidades estão em obras e sendo adaptadas para receber os turistas e as seleções”, finalizou Bruna.


Confira o mapa elaborado pelo site Jogo do Brasil com ta localização e fotos de todos os estádios da próxima Copa do na África:




E ainda, um vídeo da FIFA que mostra um pouco da África do Sul e seus estádios:

Tchau Tcheco



Agora é pra valer. O ex-capitão não joga mais no Grêmio em 2010. A diretoria do clube anunciou a saída do meia ontem à tarde. A futura camisa do jogador não terá mais o azul, será apenas preta com branco. Tcheco vai jogar do Corinthians.

Aos 34 anos, o jogador chegou para atuar com a camisa tricolor no início de 2006 e marcou 43 gols em 182 jogos. No Estádio Olímpico, ele conquistou o bicampeonato gaúcho em 2006 e 2007 e ainda foi vice da Copa Libertadores em 2007 e do Brasileirão em 2008. Depois disto, foi defender o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, e voltou em 2008. Foi capitão da equipe durante boa parte deste período.

Posts alheios

Fuçando na internet achei um blog bastante interessante, ao menos do ponto de vista da curiosidade. O título da página leva o nome do jornalista que o atualiza: Josemar Santos - trabalha na Assessoria de Imprensa da Unisc e é narrador esportivo da Rádio Santa Cruz.

Sobre o jogo de Palmeiras e Grêmio de ontem (confira mais informações neste post), Josemar postou informações de bastidores, coisas que só quem trabalhou como repórter no Olímpico sabe. E ainda, junto às curiosidades, opiniões, no mínimo, divertidas.

Seguem alguns posts do Josemar Santos:

Papo de arquibancada 3: E, ontem, um repórter da Globo pergunta para o Souza do Grêmio: "vais jogar com a camiseta tricolor por baixo"? Indicando que poderia estar pensando em favorecer o São Paulo. "Não vou jogar de camisola", deveria ter dito o Souza. Mas como é um rapaz educado, ignorou tamanha imbecilidade. Aí dá para ententer porque em algumas transmissões de TV, especialmente por tubo, só participaram o narrador e o comentarista.

Papo de arquibancada 2: Não deveria mais me surpreender com os assuntos sem nexo de repórteres de TV que não entendem nada de futebol. Já vi tanto absurdo que deveria ter acostumado. Certa vez um repórter perguntou ao Zico: "e agora teu filho joga no Fluminense, vai torcer pra quem no FlaxFlu"? Resposta do Zico: "Vou torcer pro meu filho, é óbvio". Educado o Zico, não? Se fosse eu, responderia que iria torcer para a mãe do imbecil.

1000 vezes Pelé


Foto: Banco de Dados de Zerohora.com

Hoje faz 40 anos que o único 1000o. gol da história do futebol profissional foi marcado. O protagonista dessa façanha, que a realizou com apenas 29 anos, não poderia ser outro se não o Rei Pelé.

Era 19 de novembro de 1969. O jogo, entre seu time, o Santos, e o Vasco, no Maracanã. O gol partiu de uma cobrança de pênalti que acabou no canto esquerdo do goleiro argentino Andrada (veja o vídeo no final do post).

Edson Arantes dos Santos já tinha a idade em que os jogadores da época já começavam a preparar a aposentadoria. Mas Pelé não apenas jogou outras 366 partidas, como faz mais 281 gols até se despedir da torcida no Cosmos, de Nova York, em 1977. Segundo o jornal Zero Hora de hoje, a média é de 0,76 por partida só nesta fase pré-aposentadoria (0,93 por jogo durante a carreira), superior à de Adriano (0,67) e de Diego Tardelli (0,6), que estão em plena atividade, no Brasileirão.

Sobre o maior artilheiro do Brasil, como bem lembrou o Juca Kfuri em seu blog hoje, não há melhor frase do que a proferida por outro brilhante brasileiro, Carlos Drummond de Andrade. "O difícil não é fazer mil gols como Pelé. O difícil é fazer um gol como Pelé".


Veja o vídeo de uma reportagem feita pelo jornalista Fiebre Maldini, juntando Romário (que buscava seu gol mil) e Pelé, publicado no blog do Mário Marcos:

Despedidas do Palmeiras


Crédito da foto: Agência Estado


O ex-líder do Campeona Brasileiro e favorito ao título há algumas semanas atrás teve uma noite de despedidas ontem no Estádio Olímpico. Ao perder de 2 a 0 para o Grêmio, o time paulista deu adeus ao título.

Com o resultado, o Palmeiras continua com 59 pontos na classificação, em terceiro lugar, mas seus adversários diretos jogam somente no final-de-semana. O clube gaúcho, por sua vez, chega aos 52 pontos e assume momentaneamente a oitava colocação. Sem contar que permanece invicto em casa.

No entanto, a 36ª rodada do Brasileirão ainda reservou outras despedidas para o alviverde. Logo após o primeiro gol do Grêmio , feito pelo zagueiro Rafael Marques, e pouco antes do intervalo, o atacante Obina e o zagueiro Maurício discutiram e trocaram agressões dentro de campo. Na volta ao gramado, o árbrito anunciou dois cartões vermelhos.

O alviverde jogou o segundo tempo com nove jogadores e conseguiu segurar o adversário, deixando escapar apenas mais um gol feito por Mazi Lópes. Mas a conseqüência da briga apareceu hoje: Obina e Maurício foram despensados pela direção do Palmeiras. O zagueiro ainda teve que atravessar o campo do Olímpico para realizar exame antidoping. Ele chorava ao passar pelo gramado.

Ouça a narração dos gols de gols de Rafael Marques e Maxi Lópes feita pelos locutores da Rádio Gaúcha:



Confira os melhores momentos - e o pior, a briga - da partida entra Palmeiras e Grêmio no vídeo do Globoesporte.com:

Chegaram!

Encomedei dois livros há cerca de duas semanas atrás. Finalmente, estão comigo. Não que eram urgentes - até porque vai ser difícil de lê-los antesa das férias -, mas eu adoro a sensação de ter livros novos em mãos. O cheiro. Sentir a capa e folhear as páginas. Amo!

Minhas novas paixões chamam-se "A história dos Grenais", de David Coimbra, Nico Noronha, Mário Marcos de Souza e Carlos André Moreira; e "Jornalismo Esportivo", de Paulo Vinícius Coelho.

O primeiro deles é um livro-reportagem que conta a história do maior clássico do futebol gaúcho. Segundo a descrição da editora L&PM, não é um livro apenas sobre futebol. A trajetória de Grêmio e Inter é contada de forma contextualizada – o que ocorreu de importante em Porto Alegre e no Rio Grande do Sul serve como cenário para as façanhas, tragédias e comédias esportivas da Dupla Grenal. A edição que eu adquiri acabou de ser atualizada - a primeira é de 1994 - e aborda os Grenais que aconteceram até julho de 2009.

Já o livro do PVC é um livro mais, digamos assim, didático. Voltado aos aprendizes de jornalismo esportivo, o autor traz um pouco da história desta editoria; aborda aspectos do mercado e da carreira; fala da notícia, da pauta e do furo; e, até tem um sub-capítulo dedica à "Mulher no esporte". O livro é de 2008 e editado pela Editora Contexto.


Grêmio com torcida extra

Hoje à noite, pelo menos, a torcida do Tricolor gaúcho vai se multiplicar Brasil a fora. São Paulo, Flamengo, Internacional, Atlético-MG, Cruzeiro e Avaí, todos na luta por uma vaga na Libertadores, devem secar o Palmeiras no jogo desta noite, às 21h, no estádio Olímpico.

O time da casa não tem grandes ambições ainda no Campeonato Brasileiro, seu único objetivo é garantir vaga na Copa Sul-Americana. Mas o Grêmio não quer perder. Afinal, é o único time do Brasileirão que ainda não perdeu em casa e deve querer manter a invencibilidade.

Já o time de Muricy Ramalho, terceiro colocado no Brasileirão, com 59 pontos, tem maiores ambições: ser campeão ou, pelo menos, jogar a Libertadores em 2010. Só que isso não será fácil. Se perder, o Palmeiras sai da briga pelo título e empata com o Internacional que joga no domingo contra o Atlético-MG.

O confronto não será fácil para as duas equipes, ambas pressionados por motivos diferentes. Mas quem será o mais secado e quem terá uma torcida maior que o normal, todos sabem.


Ficha Técnica: GRÊMIO x PALMEIRAS

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 18/11/2009 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Robert Braatz (Fifa-PR) e Alessandro Álvaro Rocha de Mato (Fifa-BA)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Willian Thiego, Rafael Marques, Réver e Lúcio; Adilson, Fábio Rochemback, Maylson (Herrera) e Souza; Douglas Costa e Maxi López.
Técnico: Marcelo Rospide

PALMEIRAS: Marcos; Figueroa, Maurício, Danilo e Armero; Edmilson, Pierre, Sandro Silva (Deyvid Sacconi) e Diego Souza; Vagner Love e Obina
Técnico: Muricy Ramalho.

Réver no Grêmio em 2010

O zagueiro Réver é um dos jogadores do Grêmio assediado por clubes europeus. O último interesse divulgado pela imprensa foi da Lazio, da Itália. Na partida contra o Cruzeiro, neste último sábado, olheiros da equipe italiana foram ao Mineirão observar o defensor, que acabou saindo de campo no primeiro tempo após uma pancada no tornozelo. O atleta se mostra tranquilo sobre as especulações, e garante que quer ficar.

Ouça a matéria veiculada no programa Hoje nos Esportes, da Rádio Gaúcha., desta segunda, 16.

Dúvidas tricolores



A semana será movimentada para o Grêmio nos bastidores. Além da partida contra o Palmeiras, na quarta-feira, a diretoria espera definir a permanência do meia Tcheco e do argentino Maxi López. Não são tratativas fáceis. O camisa 10 dificilmente seguirá no Olímpico. O centroavante tem mais chances de permanecer, mas também não é uma negociação simples.

Ainda nesta segunda-feira, esta previsto uma reunião entre da diretoria do Grêmio e o empresário Paulo Affonso, procurador de Tcheco, quando o clube receberá a pedida salarial para o meia permanecer na Azenha. O ex-capitão está nos planos do Corinthians, para Copa Libertadores/2010.

Já no caso de Maxi López, pesa a questão financeira. Para adquirir 50% dos direitos federativos do argentino, o Grêmio precisa bancar 1,5 milhão de euros (R$ 3,86 milhões). A negociação ainda envolve o FC Moscou, da Rússia.


Escute a matéria da Rádio Gaúcha que foi veiculada hoje no programa Esportes ao Meio-Dia cujo título é "Investidores podem garantir permanência de Maxi no Grêmio".


RT da Marhta Medeiros

Como aqui também há espaço para papo de guria, estou retwittando a crônica da Martha Medeiros que saiu hoje em Zero Hora, mas que foi publicada originalmente em 2001.


Futebolzinho


Você já pensou em quantas mulheres dariam tudo para que o marido jogasse um futebolzinho de vez em quando?

Vocês se veem todos os dias. Conversam sobre todos os assuntos. Almoçam ou jantam juntos diariamente. Transam com alguma assiduidade. Viajam juntos. Vão ao cinema juntos. Dormem juntos. Passam todos os Natais juntos. As férias juntos. Pelo amor de Deus, como é que você tem coragem de reclamar do futebolzinho dele?

Todo mundo precisa respirar dentro de um casamento. Você, que vive se queixando do futebolzinho dos sábados, ou do futebolzinho das quintas, ou seja lá em que dia o seu marido jogue um futebolzinho com os amigos, deveria se ajoelhar e agradecer por ele ter um hobby e não compartilhá-lo com você. Ele precisa ver outras pessoas, se desintoxicar do ambiente familiar, suar a camisa, perder a barriguinha, tomar um chopinho. Você não pode privá-lo de uma coisa tão inocente.

Você já pensou em quantas mulheres dariam tudo para que o marido delas jogasse um futebolzinho de vez em quando? Tem marido que fica em casa o dia inteiro, tem marido aposentado, tem marido que só faz dormir, tem marido que não sai da frente da televisão, tem marido sem amigo: bendita seja você que tem um marido que joga um futebolzinho.

Tem marido que viaja a trabalho toda semana, marido que vive jogando pôquer às ganhas (e sempre perde), marido que desaparece de casa e só volta três dias depois, marido que cheira, fuma e bebe todos os dias, marido que aposta até a sogra nos cavalos, marido que é violento, marido que é retardado: louvado seja o marido que só quer jogar seu futebolzinho em paz.

O futebolzinho permite que você enxergue as pernas do seu marido no inverno. O futebolzinho faz com que ele externe sua virilidade, sua fúria, sua raiva contra aquele juiz filho da mãe. O futebolzinho resgata o homem primitivo que ele tem dentro dele. O futebolzinho ajuda-o a descarregar a tensão, dá a ele uns hematomas para se orgulhar. O futebolzinho é sua religião, e você quer acabar com isso só porque ele não tem prestado atenção em você? Vá procurar suas amigas e tomar um vinhozinho, bater um papinho, pegar um cineminha. Vá descolar seu próprio futebolzinho.

Eu achei que estava fora de moda o grude nas relações, que isso era coisa do passado, mas recebi um e-mail comovente de um homem apaixonado pela esposa que tenta, deseperadamente, preservar seu futebolzinho, que ela, por seu lado, tenta a todo custo exterminar. Fiquem espertas, garotas. O futebolzinho, o vinhozinho e tudo o mais que homens e mulheres fazem separados um do outro é o que os mantêm juntos.

Três muralhas gremistas



Os goleiros Mazaropi, Victor e Danrlei se uniaram à causa gremista para reunir o maior número de torcedores. O encontro entre as três gerações aconteceu no ultimo dia 10 em um jantar organizado pelo cônsul Marcos Coutinho Usui no clube Itapuí. O resultado do evento foram mais 203 novos cadastros no Exército Gremista.

Eu já sou um(a) soldado e faço parte dos atuais 140.959 alistados. Se você ainda não se cadastrou, entre no site Exército Gremista e aliste-se.

E agora o Papo de Guria FC pergunta: qual desses goleiros seria titular no seu time?

Briga entre azuis

O jogo que está empatado em 0 a 0 agora entre Cruzeiro e Grêmio no Mineirão é uma batalha que ultrapassado as quatro linhas do campo. O técnico do time mineiro, Adilson Batista, está sendo requisitado pelo time gaúcho, onde já foi jogador e treinador.

Quem ganha entre os times azuis dentro de campo, saberemos daqui a menos de uma hora. Mas a dúvida quando a Adilson será desfeita somente daqui a quatro rodadas, no final do Brasileirão.


Zappost (3)

Jogadores do Inter estão twittando para se aproximar dos torcedores. Danny Morais, Lauro, Alan Kardec e Giuliano usam notebooks e celulares para se manter conectados, transmitindo informações de bastidores das concentrações e treinos.

Confira os perfis das personalidades coloradas no Twitter:
Zagueiro Danny Morais
Goleiro Lauro
Meia Giuliano
Atacante Alan Kardec
Rafael Sóbis
Fã-Clube do Danny Morais
Fã-Clube do Alan Kardec
Fã-Clube do Giuliano

Nilmar brilha


Foto: Gazeta Esportiva


A Seleção Brasileira venceu mais uma em 2009. Desta vez, quem ficou pelo caminho foi o forte time inglês. O Brasil venceu a Inglaterra por 1 a 0, em amistoso disputado neste sábado no Khalifa International Stadium, em Doha, no Catar.

O jogo teve a estreia de Michel Bastos, Hulk e Carlos Eduardo na seleção brasileira, mas foi Nilmar, cada vez mais firme na equipe, quem se destacou. Foi ele quem marcou o único gol da partido no começo do segundo tempo. O time brasileiro ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti, com Luís Fabiano.

Mais uma vez decisivo, o atacante Nilmar aos poucos crava seu lugar na Copa do Mundo de 2010. O ex-colorado admitiu em entrevista à ESPN que precisa continuar jogando bem para chegar à África do Sul. "Agora vou continuar me aperfeiçoando, porque na seleção brasieira tem sempre que estar melhor", disse o ex-colorado qaue agora joga para Internacional para o Villarreal.

Esse foi o último grande teste da temporada para as duas seleções, que já estão garantidas na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Em 23 jogos contra os ingleses, foi a 11ª vitória brasileira. A Inglaterra conseguiu apenas três resultados positivos. Na próxima quarta-feira, o Brasil tem amistoso marcado com Omã, às 12h30min (de Brasília).

Assista aos melhor momentos da partida em vídeo do Globoesporte.com.

34ª rodada do Brasilero

Na 34ª rodada do Campeonato Brasileiro Santos, Avaí, Cruzeiro, Corinthians, Fluminense, Flamengo, Atlético-PR e Botafogo venceram. Equanto Grêmio, São Paulo, Barueri e Internacional empataram. Confira os resultados na tabela abaixo, via Gazeta Esportiva, e os gols da rodada em vídeo do Globoesporte.com.






Com esses resultados, temos um novo líder, o São Paulo, com 59 pontos. E a tabela do Tricolor, até o fim do campeonato, é uma das mais fáceis. Enfrenta o Vitória, Botafogo, Goiás e Sport. Enquanto os adversários que estão na busca pela liderança, Palmeiras (58 pontos), Flamengo (57), Atlético-MG (54), Cruzeiro (54) e Internacional (53). Veja o infográfico qaue saiu hoje em Zero Hora.

Tirinha


 

* Clica em cima da imagem para vê-la ampliada.

Os 100 melhores

Em sua edição de novembro, a revista inglesa FourFourTwo, uma das mais conceituadas do mundo, elegeu os 100 melhores jogadores de futebol do planeta na atualidade. Dentre eles, 16 são brasileiros.

No entanto, apenas um deles está atuado no Brasil: o atacante Ronaldo, do Corinthians, que aparece na 100ª posição. “A sequência de gols que fez por seu novo clube, o Corinthians, nos lembrou o quanto Ronaldo pode ser bom”, diz o texto da publicação.

Os outros 15 brasileiros presentes na lista da FourFourTwo atuam nas principais praças do futebol europeu. O melhor colocado entre eles é Kaká, do Real Madrid, que ocupa a 8ª colocação, e o outro único presente entre os 20 é Maicon, da Inter de Milão, em 17º.
 
Ao listar os melhores brasileiros, contudo, a revista comete uma gafe: coloca na 23ª colocação o goleiro Júlio César, da Internazionale, mas erra ao estampar, acima do texto relacionado ao jogador, uma foto de Victor, do Grêmio, que é reserva de Júlio César na seleção brasileira.





Confira abaixo a relação dos 10 primeiros colocados e de todos os brasileiros presentes na lista da FourFourTwo:


1 – Messi (Barcelona)
2 – Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
3 – Xavi (Barcelona)
4 – Iniesta (Barcelona)
5 – Villa (Valencia)
6 – Fernando Torres (Liverpool)
7 – Gerrard (Liverpool)
8 – Kaká (Real Madrid)
9 – Eto’o (Internazionale)
10 – Rooney (Manchester United)
17 – Maicon (Internazionale)
23 – Júlio César (Internazionale)
24 – Diego (Juventus)
25 – Daniel Alves (Barcelona)
32 – Alexandre Pato (Milan)
52 – Marcos Senna (Villarreal)*
57 – Robinho (Manchester City)
62 – Felipe Melo (Juventus)
63 – Luis Fabiano (Sevilla)
64 – Thiago Motta (Internazionale)
69 – Grafite (Wolfsburg)
73 – Pepe (Real Madrid)*
83 – Ronaldinho Gaúcho (Milan)
90 – Eduardo da Silva (Arsenal)*
100– Ronaldo (Corinthians)


* Marcos Senna, Eduardo da Silva e Pepe são naturalizados e jogam respectivamente pelas seleções de Espanha, Croácia e Portugal.

RT do Juca

Já mencionei - no primeiro post - que adoro ler o blog do Juca Kfuri, mesmo que ele, muitas vezes, deixe de lado os times gaúchos. Mas, como ele mesmo explica, é impossível falar de tudo. E, como corinthiano, ele dá prioridade para os times paulistas. No entanto, hoje, ele falou do Grêmio, justamente porque ele enfrenta o São Paulo. E deu muita informação com um texto fácil - até para os leigos em futebol, como as minhas amigas que freqüentam o blog. Por isso, usando um termo do twitter, dei um RT (retweet – twittar conteúdo postado por outros usuários) no texto do Juca.


O Grêmio pode ser o fiel da balança no Brasileirão. Ou não

Dos cinco jogos que faltam para o Grêmio, quatro são contra times que têm por que lutar neste Brasileirão.
O contra o São Paulo, nesta quarta-feira, no Olímpico, é o primeiro deles.
Depois tem o Cruzeiro, no Mineirão, o Palmeiras outra vez no Olímpico e o Flamengo, na última rodada, no Maracanã.
O tricolor gaúcho pode ser o fiel da balança e, se bem sucedido, pode até ainda ganhar uma vaga na Libertadores.
Mas o clima não só não é de ânimo como é de desânimo, de fim de feira.
Até Paulo Autuori anunciou que o Catar novamente o espera.
Souza fez críticas ao grupo, Jonas falou da fragilidade do elenco e o capitão Tcheco está indo embora.
O estádio deve receber pouca gente nesta noite e gente mais disposta a vaiar do que a apoiar, embora o Grêmio, tenha, ao menos, uma impressionante invencibilidade em casa para defender.
Tudo isso conspira a favor do tricolor paulista, que deverá jogar em Porto Alegre com a faca entre os dentes e disposto a obter a proeza de ser o primeiro a derrotar o anfitrião, para se fortalecer ainda mais psicologicamente na reta final.
Ou será que na hora agá valerá mais a máxima gaúcha de que não está morto quem peleia?
 

Por Juca Kfouri às 00h02

Jogo imprevisível



Em jogo, hoje à noite, o melhor ataque (Grêmio) e a melhor defesa (São Paulo) do Campeonato Brasileiro se enfrentem no Olímpico. O Tricolor gaúcho consegue ser efetivo quando joga em casa, enquanto o paulista leva poucos gols, não importa onde jogue. Por isso, os 58 gols marcados pelo Grêmio não garantem vitória hoje. Assim como os 34 gols que o São Paulo sofreu até agora não significam que sua defesa segure o advesersário. Resultado? Um jogo imprevisível.

O time da casa, atualmente em sétimo lugar com 47 pontos, ainda não está confirmado. Maxi López, recuperado de lesão no pé esquerdo, deverá formar o ataque com Douglas Costa. Caso seja vetado, Perea entra em seu lugar. Rochemback, que levou uma batida nas costas, é dúvida. Sem o volante, Tulio jogaria no meio e Thiego na lateral-direita.

Do outro lado do campo, o São Paulo vem com tudo, ainda depois de igualar a pontuação do líder Palmeiras na classificação, chegando a 58 pontos. Mas o time não vem com "tudo" literalmente. O técnico Ricardo Gomes não poderá contar com os volates Richarlyson e Zé Luis e o zagueiro Rodrigo, pois estão lesionados. Assim, o lateral Ádrian González e o volante Arouca disputam um lugar no time. No ataque, Dagoberto – que não marca há nove jogos – segue como companheiro de Washington.

No entanto, o São Paulo possui maior motivação para o confronto das 21h50 desta quarta do que o adversário. Até com um empate, o time chega à liderança. Se vier a ganhar, irá a 61 pontos, abrindo três de vantagem para o Palmeiras de Muricy Ramalho. Já o Grêmio, se vencer, irá a 50 pontos, mas permanecerá na sétima posição.


FICHA TÉCNICA DO JOGO
Grêmio X São Paulo

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 4 de novembro de 2009, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)

GRÊMIO: Victor; Willian Thiego, Rafael Marques, Réver e Lúcio; Adilson, Fábio Rochemback, Souza, Tcheco e Douglas Costa; Maxi López
Técnico: Paulo Autuori

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Adrián González (Arouca), Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Dagoberto e Washington
Técnico: Ricardo Gomes


TRANSMISSÃO:
Rádio Gaúcha: inicia a jornada esportiva às 21h15min.
RBS TV: transmite o jogo para o Interior.
PFC 5: transmite ao vivo para todo o Brasil.
Terra: acompanha o jogo minuto a minuto pelo site.

Papo de guria...

E não é que o mundo já está usando havainas fabricadas especialmente para a Copa do Mundo? É sucesso aqui e em qualquer lugar, não tem jeito. Na África do Sul, um dos principais centros de compras da Cidade do Cabo, o Waterfront, tem, como uma dasmais requisitadas, a loja Havainas. As sandálias brasileiras estão vendendo muito no país-sede da Copa de 2010. Meio caras, é verdade, já que um par custa por volta de R$ 40. Enquanto no Brasil encontramos um por menos de R$ 15.


A foto é do enviado especial à África do Sul de Zero Hora, Leandro Behs.

Livro conta a tragédia do Brasil-Pe

O livro-reportagem "A noite que não acabou", de autoria do fotógrafo de Zero Hora, Nauro Júnior, e do repórter do clicEsportes, Eduardo Cecconi, narra a história do acidente de 15 de janeiro de 2009, em Canguçu, que vitimou três integrantes da delegação do Brasil de Pelotas, entre eles o ídolo Claudio Milar. O tempo do livro envolve minutos antes do acidente até a única vitória do time, 77 dias depois, por 1 a 0, sobre o Novo Hamburgo, na despedida do Gauchão.


Lançado na semana passada, na Feira do Livro de Pelotas, os 430 exemplares do livro se esgotaram em menos de 24 horas, conforme o blog Rumos do Sul. Hoje, a obra será lançada com 70 exemplares, às 17h30, na Feira do Livro de Porto Alegre, com a presença dos autores. Quem não puder ir à Feira, "A Noite que Não Acabou", pode ser adquirido pelo site da Editora Livraria Mundial, por R$ 35.

Na Pilha!

Este assunto, em tese, não tem nada a ver com o blog. Mas, por outro lado, tem tudo a ver comigo. Fiz parte do projeto entre o jornal Folha do Mate e a Unisc, no qual alguns alunos de Relações Públicas organizaram o evento Bate-Papo Pilhado - Pra que lado eu vou?. Enquanto eu e alguns colegas de Jornalismo - Pedro Garcia, Yaundé Narciso, Marília Nascimento e João Caramez - realizamos a cobertura do evento e fizemos parte de três edições do caderno jovem Na Pilha!, dos dias 19 e 27 de outubro e da de hoje, 2 de novembro. Eles ficaram com a reportagem, eu com a diagramação do caderno e o professor Demétrio Soster coordenou todo o processo. Ainda contamos com as reporteres do Na Pilha! Ana Flavia Hannt e Diana Azeredo.

Foi um trabalho bastante árduo e, talvez por isso, de grande aprendizado. Além da cobertura do bate-papo, fizemos os cadernos com dead-lines bem apertados, visitamos a redação da Folha, trabalhamos bastante e, ainda, pudemos ver nosso trabalho impresso e veiculado. Valeu à pena. Abaixo veja as páginas das edições que fizemos.

Na Pilha!, dia 19/10:


Na Pilha!, dia 27/10:


Na Pilha!, dia 2/11:

Pesquisar neste blog

Total de visitantes

Seguidores

Tem alguém aqui?

De onde vocês são?

Archivo del blog