Clássico é clássico...

e o sabor da vitória é infinitamente maior!
(KANNENBERG, Vanessa)



É isso aí minha gente. No último post reclamei do meu time, mas ele venceu o rival por 2 a 1 no maior e mais peleado clássico brasileiro neste domingo no Olímpico.

Talvez não tenha sido o melhor futebol que o Tricolor pode apresentar - até porque não posso ser uma boa crítica, já que fui distraída durante os 90 minutos por conversas e Devassas -, mas lutou e mostrou um pouco daquele Grêmio peleador que todo gremista gosta de ver jogar. E ganhou, o que é a melhor notícias dos últimos tempos.


Garimpei algumas chamadas por aí e acrescento alguns comentários (im)pertinentes:


Gre-Nal 388: ganhou quem mais quis ganhar - Clube da Bolinha
Eu diria que "ganhou quem mais PRECISAVA ganhar...." Mas de certa forma corrobora o que disse sobre o "peleador".

Grêmio vence Inter, carimba faixa colorada, e vira turno fora da degola - ESPN
Degola? Ahn? Estamos na 15a posição, recém acabou a primeira rodada e temos UM JOGO A MENOS, é bom lembrar - talvez apenas esquecer que é contra o Santos...

Marquinhos se firma como destaque do Gre-Nal e vira o goleador de Celso Roth - ClicEsportes
Alguém leu Damião na frase acima? Muaaahahahaaaa

Superior, Grêmio vence Inter por 2 a 1 no Gre-Nal 388 e respira no Brasileirão - Lucas Rizzatti/Clic
SUPERIOR. E tenho dito.

Pesquisar neste blog

Total de visitantes

Seguidores

Tem alguém aqui?

De onde vocês são?

Archivo del blog