Dourado, um único defeito

Homofóbico, machista, grosso. Nenhum dessde adjetivos considero como defeitos de Marcelo Dourado, vencedor do prêmio de 1,5 milhão de reais do BBB10. Não porque sejam qualidades, mas porque não acredito que ele os seja integralmente. Mas colorado... essse sim, é um defeito difícil de engolir.


Na foto acima, tirada logo após a vitória, Dourado veste uma camiseta do Inter doada pelo zagueiro santa-cruzense Bolívar que foi levada por um parente ao estúdio do BBB. (Foto: AgNews)

Com este mídia espontânea a seu favor, o Internacional vai mesmo é aprveitar. O clube já afirmou: só está à espera dos compromissos do gaúcho com a Globo findarem - como a ida ao Faustão no próximo domingo, que o impede de ir ao jogo contra o Universidade -, para trazer o famoso torcedor para os eventos do clube e promover-lhe uma homagem. Um deles seria o desfile no Donna Fashion, no próximo dia 10.

RTs para Armando Nogueira

Com um dia de atraso, é verdade, mas cá estou para falar da morte de um grande jornalista do nosso país: Armando Nogueira. Confesso que não tinha conhecimentos profundos dos feitos deste cara. O conhecia, claro. Mas, desde ontem, ao ler homenagens e reportagens sobre ele, me apaixonei por sua escrita e seu amor ao futebol.

Tendo em vista que não posso deixar a data e a memória de Nogueira passar em branco aqui no blog - sendo que o tema deste é futebol e quem vos escreve é jornalista - , apresento-lhes dois posts de outros grandes jornalistas, ao meu ver, David Coimbra e Juca Kfuri.



Aprenda com um dos mestres de David Coimbra

Morreu Armando Nogueira, um dos estetas do texto do jornalismo brasileiro. Não do tal “jornalismo esportivo”, que isso não existe. O jornalismo não pode ser esquartejado como se fosse um boi de açougue: o coxão de dentro do jornalismo, a alcatra do jornalismo, o filé. Jornalista é jornalista em todas as áreas. Armando Nogueira era um desses espécimes. Comandou o Jornal Nacional, e o fazia da economia a variedades.
Mas, é verdade, gostava mais de esporte. Quando escrevia sobre esporte, se soltava. Escrevia como um passarinho. Para homenageá-lo vou fazer com que ele próprio se homenageie. Tenho cá uma Revista Senhor de 1960 em que Armando Nogueira escreveu um perfil daquele que se tornaria um de seus personagens favoritos: Pelé. Vou reproduzir o trecho inicial da matéria de Armando para que você beba um pouco de sua arte, para que você, estudante de jornalismo, candidato a beletrista ou escrevinhador de e-mails, aprenda com quem sabia fazer:
“Tem 20 anos, entende de fotografia, chuta com os dois pés, namora (escondido da imprensa) uma garota de Santos, tem voz de barítono, pele negra acetinada, é sonso na área, enquanto a bola não vem, ganha cerca de 300 mil cruzeiros por mês, gasta 30 e manda o resto para a família, em Bauru. Nasceu em Três Corações, Minas Gerais, e tem tais afinidades com o futebol que certamente nasceria bola, se não tivesse nascido gente”.



Mestre Armando de Juca Kfuri

Amanhã você lerá nos jornais quase todas as façanhas de Armando Nogueira.
Resumidamente, é claro, porque daria para fazer uma edição inteira só com elas.
Mas nunca mais você terá o privilégio de poder abrir um jornal e ler que “Ademir da Guia tem nome, sobrenome e futebol de craque”.
Ou que “Deus castiga quem o craque fustiga”.
Ou que ” Se Pelé não tivesse nascido gente teria nascido bola”.
Nunca mais.
Mestre Armando dizia também que “o bom jogador vê a jogada, o craque antevê”, e ele, como craque que era, antevia não só a jogada, como a notícia.
Se há apenas uma palavra da língua portuguesa para defini-lo esta é, sem dúvida, delicadeza.
Língua cultivada e cultuada por este apaixonado pelo Botafogo, pelo Acre e por voar de ultraleve, coisa para qual se dedicou até a semana anterior da descoberta, três anos atrás, da doença que o levou.
Uma excelência entrou no Paraíso.

Avenida, eu acredito


Foto: Thiago Barbosa/PortalGAZ


E não é que o Esporte Clube Avenida provou que o dito gaudério "não tá morto quem peleia" realmente existe? Pois, ontem, o Periquito ergueu-se e conquistou sua segunda vitória no Gaúchão, a primeira da Taça Fábio Koff, diante do Juventude, no estádio Eucaliptos, por 1 a 0.

Com os três pontos - e com a ajuda do principal adversário na luta contra o rebaixamento, já que o Porto Alegre empatou - se continuar peleando e vencer o mesmo Porto Alegre no próximo domingo, às 16h30, na capital, o clube alviverde continua na série A do estadual no ano que vem.

Depois de tantas derrotas, empates e viradas, lanço a campanha: Avenida, eu acredito!



CORREÇÃO indicada pelo amigo Joel Haas: o Avenida só não cai se vencer. Se empatar ou perder, volta pra série B.

O Cinquentão

O Grêmio Foot-ball Porto Alegrense comemorou hoje um aniversário que não se deve a sua data de criação, fundação, ou algo do gênero. O Tricolor vem quebrando recorde em cima de recorde. Ha quatro rodadas, superou a marca do arqui-rival, o Internacional, que era de 45 partidas de invencibilidade, e, neste domingo, festejou 50 JOGOS sem perder no Estádio Olímpico Monumetal.

A cobaia para a comemoração foi o Esportivo que, ao perder de 2 a zero para o time da casa, teve que aguentar o canto dos menos de 10 mil torcedores tricolores. Os gols de William Magrão, aos 11 minutos do primeiro tempo, e de Maylson, aos 12 minutos do segundo tempo, deram ao time da Azenha a soma de 14 jogos sem perder e resultaram na 13. vitoria consecutiva.

Eis, pois, um consagrado e merecido Cinquentão.

RT do Gross

Por que não aprender com os grandes f****? Pois, se penso um dia seguir a carreira no jornalismo esportivo - que fique claro que ainda não optei por nenhum área nem mídia específica, por pensar que não devo focar e, sim, abrir possibilidades - preciso aprender com os caras que entendem da coisa.

No post de hoje, o Nando Gross, jornalista do Grupo RBS, fez uma comparação muito legal e bastante imparcial, ao meu ver, entre os jogadores do Grêmio e os do Inter, de acordo com a posição em que jogam. Apesar de conhecer mais o time do Tricolor, e não ter reais possibilidades de desenvolver tal raciocínio, com o que sei, condordo com ele.

A seguir, então, o texto do Nando - o colorido é obra minha.

Quem tem os melhores jogadores?

Quem tem os melhores jogadores na sua equipe titular?
Quem tem vantagem neste Gre-Nal?


Eu lanço minha opinião, com todas os riscos de desagradar muita gente, mas é só a minha opinião, e fico esperando a de vocês. Depois faremos uma média do pensamento geral.


Victor X Abbondanzieri - A história de Pato não se discute, mas no momento, Victor é a minha escolha.
Nei X Edílson - Nesta não dá ainda para apontar vantagem para ninguém. Fico com a coluna do meio.
Mário X Índio - Índio tem uma história fantástica no Inter, mas Mário Fernandes surge com uma técnica superior e com potencial para ser um dos zagueiros para a Copa de 2014.
F.Eller/Bolívar X Rodrigo - São zagueiros equivalentes, mas, no momento, considero Rodrigo melhor.
Fábio Santos X Kléber - Kléber é um dos melhores jogadores do Inter, na minha opinião o melhor em atividade no país e candidato à Copa.
Sandro X Ferdinando - Ferdinando tem cumprido sua função, mas Sandro é mais jogador, certamente estará na seleção brasileira nos próximos anos.
Adílson X Guiñazu - Adílson tem crescido tecnicamente, é jovem e tem tudo para evoluir, mas (hoje) considero Guiñazu mais jogador.
Giuliano X Maylson - Maylson cresceu muito, mas Giuliano é um jogador mais afirmado. Está prejudicado pelo mau momento do time, mas voto nele nessa nossa disputa.
D’Alessandro X Douglas - Na boa, é meu segundo empate. Os dois jogam muita bola. A vantagem do argentino é marcar mais gols, mas nessa eu fico no muro.
Jonas X Taison - Meu voto é Jonas.
Borges X Alecsandro - Borges, no momento tem sido mais eficiente.


Lembrando, não é apenas isto que define qual o melhor time, fosse assim e não precisava treinador. Mas é claro, são os jogadores que entram em campo então é lógico que ter os melhores é o primeiro passo para a vitória. Vamos lá, resultado final da minha escolha:


GRÊMIO - 5
INTER - 4
EMPATES - 2



Muito equilíbrio, o que mostra que a decisão vai se dar pelo trabalho coletivo. Neste quesito, o Grêmio tem sido mais eficiente. Depois dos comentários, faremos o placar final.



E aí, tu concordas com o Nando Gross?

Dança da Copa

Alguém sabia que Copa do Mundo tem dança oficial? Pois eu não. Divagando pela internet, um dos meus hobbies favoritos, descobri que, além de existir, a de 2010 será a Diski Dance.

Após a esfuziante vuvuzelas da Copa das Conferações, a música da Copa da África do Sul é uma mistura de ritmos que é coreografada com movimentos do futebol. Ou seja, embaixadinha, dribles, pedaladas, cabeçada e toque de letra são dançados de acordo com a música, como é visto no clipe oficial abaixo.

A campanha da Diski Dance pertence ao órgão responsável pelo turismo na África do Sul, e em breve estará nas TVs do mundo através de canais como a CNN, BBC, Eurosport e Skysport.



Gostou? Quer aprender a dançar? Assista ao vídeo abaixo e "FEEL THE RHYTHM OF AFRICAN FOOTBALL" - conforme a sua descrição no Youtube.

Grêmio na próxima Libertadores?

Ao que parece, está confirmada a chance do Grêmio - e também de Palmeiras, Avaí, Atlético-MG, Goiás, Grêmio Prudente (antigo Barueri), Santos e Vitória - ter vaga garantida na próxima temporada da Taça Libertadores do ano que vem. Para isso, basta que vença a Copa Sul-Americana deste ano.

Esta é uma reivindicação antiga dos clubes à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e foi atendida, segundo o colinista do jornal O Globo, Renato Maurício Prado, que será divulgada oficialmente somente no dia 28 de abril,, quando seráo sorteados os grupos da Sul-Americana.

RS na África



Africanos e turistas que forem à Copa do Mundo de 2014 serão apresentados ao Rio Grande do Sul na África do Sul. O ônibus custumizado pela empresa gaúcha Marcopolo vai circular pelo país para divulgar o nosso estado, tanto o povo, quanto a cultura.

A ideia, que partiu do do secretário Extraordinário da Copa do Mundo 2014, Paulo Odone, ex-presidente do Grêmio, faz parte do programa “O Rio Grande Te Espera”.

Grandes caem pelas tabelas

O título do post é literal. Alguns dos grandes times do Brasil estão com péssimos desempenhos nos estaduais e descem posições nas tabelas. Entre eles Palmeiras, Corinthians, Vasco e Inter. Nenhum deles conseguiu vencer na noite de ontem, dia 24.

O Palmeiras empatou com o então lanterna do Camapeonato Paulista, o Rio Branco, em 2 a 2. Com o resultado de míseros 23 pontos, o Verdão praticamente perdeu as chances de classificação para as semi-finais e se voltar exclusivamente para a Copa do Brasil.

Já o time de Ronaldo, que esteve em campo, conseguiu perder para o Paulista por 1 a 0 e deixou a zona de classificação do Estadual. Com 26 pontos, o Corinthians está em quinto lugar e ainda corre o risco de cair mais ao longo desta rodada.

No Campeonta Carioca, o Vasco completou sua quarta partida sem vitória. Perdeu, ontem, para o Americano por 3 a 2, pela sexta rodada da Taça Rio. O único ganho do alvi-negro, que segue com nove pontos e ocupa a terceira posição no Grupo B, foi a demissão do técnico Vágner Mancini.

Aqui no Rio Grande do Sul, a quarta ganhou um único nome: Zequinha. Sem ganhar do Internacional desde 1965, o São José goleou o rival com 3 gols a 0. Provenicnete de uma seqüência de quatro empates, incluindo dois na Libertadores, o aproveitamento do Colorado é de 68,88%, resultando na queda para a terceira posição do Grupo B do Gaúchão. Soma-se a isso, ainda, a dúvida quanto à permaencia do técnico Jorge Fossati.

É... passados gloriosos não garantem um igual presente.

Campanha apoiada



Se bem que eu já ganhei um numa comemoração de gol e eu gostei...

Pelé sobre Ronaldinho


Foto: paineis feitos para uma loja do Santos, disponibilizada no blog Educaricaturuas.

Frase proferida por Pelé, em entrevista à agência Reuters, sobre o Ronaldinho Gaúcho:

- Se o Ronaldinho estiver jogando esse futebol... Acho que seria uma boa peça porque ele pode ser um jogador útil numa hora em que os mais jovens, que nunca jogaram uma Copa do Mundo, se sentirem um pouco pressionados."

Dunga, tudo bem que eu só uma guria que gosta de futebol. Mas o Rei do Futebol tu poderia ouvir, né?

Abaixo, veja um vídeo sobre o assunto da ESPN Brasil.

A polêmica rosa (2)

Para fomentar ainda mais a polêmica rosa - entenda o caso neste post -, o técnico do Atlética-MG, Vanderlei Luxemburgo vestiu o uniforme de treino do time no jogo de hoje contra o Villa Nova, no Campeonato Mineiro. Para o treinador que usava em rosa no máximo a gravata, é uma lenha e tanto para esta fogueira.



O treinador, que até então só se apresentava nos gramados de terno e gravata, entrou fardado esportivamente e explicou-se em seu blog pessoal:

-Também quero aproveitar para enaltecer todo o departamento de futebol do Atlético pelo lançamento da camisa rosa. Foi uma grande jogada de marketing e ela está esgotada nas lojas. As bobagens que têm sido faladas fazem parte da cultura do nosso povo.

Até o Globo Esporte fez uma enquete sobre o assunto e a resposta foi: 50% a favor, e 50% contra o rosa no uniforme. Veja a matéria completa, inclusive com uma "cutucada" aos anti-rosa do Vanderlei Luxembrugo, no vídeo abaixo:

30 vezes Ronaldinho

Hoje, 21 de março de 2010, Ronaldinho Gaúcho comemora 30 anos. Vivendo uma fase meio obscura, na qual é renegado pelo técnico da Seleção Brasileira e contestado no Milan, seu time atual, o craque, ainda por cima, não teve comemoração digna de sua trajetória. O Rubro-negro empatou em 1 a 1 com o Napoli num jogo que valia a ponta do Campeonato Italiano hoje.

No entanto, o guri revelado pelo Grêmio não deixou o sorriso de lado, sua marca registrada. Como ele mesmo disse em seu blog, "Semana boa, semana ruim, cada semana uma história nova para contar…" Bem que ele podia contar a história dele novamente aqui no Grêmio. No site do R10, a página inicial está totalmente dedicada a mensagens de fãs (veja foto abaixo). E eu deixei a minha: "bem que tu podias voltar a jogar no Grêmio, né".



E para os que esqueceram do que é capas o craque (como o Dunga) e, também, para homenageá-lo e deixar os meus parabéns, deixo o vídeo com algumas das grandes façanhas de Ronaldinho Gaúcho.

Rapidinha



Ontem, sábado, dia 20, um jogo de futebol envolvendo o Santos FC não teve Robinho como principal atração e, sim, o estádio sede da disputa: o Red Bull Arena (foto), localizado em Nova Jersey, nos EUA. O time do atual alvo de puxa-saquismo da grande imprensa, ao lado do gordo Ronaldo, perdeu para o dono da casa, Red Bull New York, por 3 a 1. Tá certo que o craque das pedaladas não atuou, mas, mesmo assim, valeu pela mudança de foco.

Curiosidade: o time dos garotos da Vila era conhecido como "plantador de estádios" na década de 60, devido aos diversos convites recebidos para inaugurações. O jogo de ontem foi o 21º jogo inaugural do Alvinegro, sendo que 14 são de vitórias, quatro empates e três derrotas.

Dunga, convoca o Ronaldinho

Faço coro à mídia que anda pressionando o técnico da Seleção Brasileira a convocar o Ronaldinho Gaúcho para a Copa do Mundo desse ano. Mas também não acho que, só por não levar o craque do Milan para a África, ele cdeixa de ser um bom treinador. Só não entendo o puxa-saquismo com Robinho e Adriano - e nessa a grande imprensa está junto com Dunga. Whatever, isso já é papo pra outro post.

Na campanha "Dunga, convoca o Ronaldinho", acho que uma das formas mais criativa e divertida de expressão foi os recentes funks disseminados na internet. O primeiro deles foi compoto por Mc Vozão. O  segundo, é de Mc Bellot. Ouça os dois abaixo e, se você for contra a convocação do ex-Grêmio, ao menos vai dar boas risadas.






E aí, na tua opinião, o Ronaldinho deveria ou não ser convocado pelo Dunga?

NÃÃÃÃÃÃÃÃÃO

Espero que meu grito de lamúria fique bem claro: o Victor fora do Grêmio não!!!

Entenda o porquê da minha revolta na notícia veiculado, hoje, pela Gazeta Esportiva, na qual consta que o goleiro vai deixar o Tricolor gaúcho após a Copa do Mundo da África e iria para o futebol italiano.



Na foto acima, retirada do blog Gremistas na Bahia, vai dizer que Victor - pra mim, o grande craque na atualidade do Grêmio - não parece ecoar o mesmo grito que eu? NÃO!

Para a minha alegria - e esperança - o site oficial do clube gaúcho veiculou uma notícia dizendo que "não existe nenhum interesse na venda do goleiro Victor neste momento em que o clube disputa competições tão importantes como a Copa do Brasil e o Campeonato Gaúcho."

Por que criticar Silas?


Foto: Mauro Vieira - ClicEsportes

Eu sou uma crítica ferrenha a quem critica técnicos de futebol - com o perdão da repetição - há bastante tempo. No caso do treinador do Grêmio, Paulo Silas do Prado Pereira, fico ainda mais P da vida. E por vários motivos.

Em primeiro lugar, porque o técnico está há menos de três meses no comando do Tricolor gaúcho. Acho pouco tempo para estudar um time e colocá-lo nos "trinks". Para piorar, uma boa parte do elenco não está em campo, mas na ala hospitalar do clube. E esta parte, ainda por cima, é composta pelos craques do Grêmio de 2010, como Souza e Borges.

Com todas essas dificuldades, de não conseguir ter um time regular para as competições, Silas conseguiu trazer a taça Fernando Carvalho para o Olímpico, está mantendo a invencibilidade dentro de casa, que já soma 47 jogos, sendo que são dez jogos seguidos de vitória e o time sofreu apenas um gol em cinco jogos - que foi nogo aqui em Santa Cruz do Sul, que tive o "desprazer" de ver, feito pelo Avenida.

Se falta paciência ao críticos-de-técnicos, números a favor do técnico Silas não lhes faltam.

Football Comics

Via Kibe Loco:

Era apenas mais um jogo do futebol, mas um fato inusitado transformou o zagueiro suíço Stephan Keller, do Sydney FC, no centro das atenções da mídia australiana…



E você aí reclamando que seu atacante vai em festa de traficante. Francamente, viu!

Grêmio vence 12 adversários

Não, mesmo sendo guria, eu sei quantos jogadores atuam de cada lado em um jogo de futebol. Mas o Grêmio não disputou hoje a primeira partida da segunda fase da Copa do Brasil em Votarantim contra 11 adversários. Tinha o 12.: o gramado.

Mesmo com as péssimas condições do campo, a equipe tricolor venceu o Votoraty por 1 a zero, com gol de cabeça do artilheiro Jonas. No entanto, o resultado não evitou a partida de volta, que deve acontecer no Estádio Olímpico dia 1. de abril.

No vídeo abaixo, via Globo Vídeos, reveja o único gol da partida e repare na nova coreografia do atacante Jonas. Ele abandou o "Rebolation" e investiu no sertanejo.

A polêmica rosa

Desde ontem o Atlético-MG passou a ser alvo de polêmica. O motivo não é um uma briga entre torcedores e jogadores, nem dancinhas comemorativas de gols, muito menos relação de jogadores com o tráfico. O que vem gerando discórdia é muito mais brando, e por que não, meigo. É o novo uniforme de treino da equipe mineira.


Uniforme de treino rosa à direita. Fotos: Globo Esporte.

O rosa é tão clarinho que, para os desavisados, pode passar por branco. Mas o tom da vestimenta não amenizou a polêmica da coleção que foi assinada, pela primeira vez, pela Topper. O presidente do clube, Alexandre Kalil, vestido à carater durante a apresentação da coleção, de camisa e gravata rosa, justificou a escolha via twitter:

"Camisa rosa é pra quem pode! Pergunte sua mulher ou namorada se ela gostaria de te ver usando. Ela foi feita pra agradar nossas atleticanas."

Em Santa Cruz, a moda pink já se manifestou a mais tempo no futebol. A equipe Bar e Bola, que atua na série C do Campeonato de Futebol Society do Clube União/Copa Sicredi, veste a cor não nos treinos, e sim, nos jogos "oficiais".


A equipe santa-cruzense Bar e Bola no Clube União. Foto: do orkut do Fábio

Você vê algum problema em jogaadores de futebol usarem uniformes rosas? Comenta aí.

Trabalhos online

Antes de começar efetivamente os posts futebolísticos, abro espaço para justificar o que eu disse no post anterior, o fato de estar bastante atarefada neste semestre. Estou matriculada em três disciplinas e fazendo o projeto experimental, além de fazer parte do projeto de pesquisa em jornalismo diversional e ser voluntária na Agência Experimental de Jornalismo da Unisc A4.

Aproveito este espaço, que por ora é apenas meu, para divulgar os trabalhos exercidos online. Na disciplina de Produção em Mídia Impressa, estamos produzindo o jornal laboratório Unicom que, além da versão impressa, tem a digital: o blog do Unicom. Já em Produção em Jornalismo Online, começaremos a atualizar o site Hipermídia nas próximas semanas.

No tempo extra-classe, me dedico ao blog do projeto de pesquisa, coordenado pela profa. Fabiana Piccinin e pelo prof. Demétrio de Azeredo Soster, intitulado Jornalismo & Literatura: interfaces e intersecçoes. E, ainda, como parte da Agência de Jornalismo, atualizo o site Hipermídia A4 e o blog do Diz Aí.

Passa por estes espaços virtuais quando der. Cada um com a sua especificidade, mesmo todos ligados ao jornalismo.

De volta ao Papo

Sem as amarras acadêmicas, portanto, sem obrigações quanto à estrutura e ao conteúdo jornalístico, nem à frequência de atualizações, o Papo de Guria FC está de volta a ativa.

Ainda não tenho certeza se terei tempo para me manter uma qualidade e uma mínima constância nas postagens devido ao tempo que as aulas e o projeto de pesquisa têm consumido. Mas, isto é papo para depois. Por ora, ficamos com a vontade de voltar a falar sobre o mundo da bola. Visite o blog, leia somente o que der na telha e comente no que te interessar. 

Antes de encerrar o recomeço, gostaria de fazer um convite: gurias que se interessem por futebol, estou abrindo a mono-autoria (existe?). Alguém gostaria de compartilhar suas opiniões neste espaço?

Pesquisar neste blog

Total de visitantes

Seguidores

Tem alguém aqui?

De onde vocês são?

Archivo del blog