1000 vezes Pelé


Foto: Banco de Dados de Zerohora.com

Hoje faz 40 anos que o único 1000o. gol da história do futebol profissional foi marcado. O protagonista dessa façanha, que a realizou com apenas 29 anos, não poderia ser outro se não o Rei Pelé.

Era 19 de novembro de 1969. O jogo, entre seu time, o Santos, e o Vasco, no Maracanã. O gol partiu de uma cobrança de pênalti que acabou no canto esquerdo do goleiro argentino Andrada (veja o vídeo no final do post).

Edson Arantes dos Santos já tinha a idade em que os jogadores da época já começavam a preparar a aposentadoria. Mas Pelé não apenas jogou outras 366 partidas, como faz mais 281 gols até se despedir da torcida no Cosmos, de Nova York, em 1977. Segundo o jornal Zero Hora de hoje, a média é de 0,76 por partida só nesta fase pré-aposentadoria (0,93 por jogo durante a carreira), superior à de Adriano (0,67) e de Diego Tardelli (0,6), que estão em plena atividade, no Brasileirão.

Sobre o maior artilheiro do Brasil, como bem lembrou o Juca Kfuri em seu blog hoje, não há melhor frase do que a proferida por outro brilhante brasileiro, Carlos Drummond de Andrade. "O difícil não é fazer mil gols como Pelé. O difícil é fazer um gol como Pelé".


Veja o vídeo de uma reportagem feita pelo jornalista Fiebre Maldini, juntando Romário (que buscava seu gol mil) e Pelé, publicado no blog do Mário Marcos:

0 comentários:

Pesquisar neste blog

Total de visitantes

Seguidores

Tem alguém aqui?

De onde vocês são?

Archivo del blog