As cervejas que estão na minha lista do supermercado



Tudo que bem que eu só vou ao supermercado esporadicamente. Minha mamãe ainda abastece a geladeira com o básico e mais um pouco. Mas sabe como é, a cerveja e as besteirinhas de comida são por minha conta.

A minha próxima ida ao paraíso dos gulosos - no caso, eu - não estava prevista até que, hoje, eu descobri que o cervejeiro-jornalista-gremista Ilgo Wink lançou mais uma cerveja, a Kidiaba. Ele mesmo já havia colocado à venda as marcas 1983 e Mazembier, que eu, infelizmente, ainda não encontrei. As "geladas" só podem ser adquiridas pelo site. De repente, se eu achar alguns parceiros, daria pra fazer uma encomenda, né?

No site dessa mente criativa, o Boteco do Ilgo, o criador da cerveja afirma que o nome da cerveja remete à “uma mulher sensual, capaz de levar qualquer homem a fazer loucuras. Uma devassa, uma deusa, um anjo, uma diaba…”. Mas é óbvio que esta é apenas uma desculpa pra não afastar os fregueses colorados. A "dunkel escura, forte e encorpada" foi, com certeza, concebida em homenagem ao goleiro do Mazembe, time vice-campeão mundial de 2010, que comemorou tão bem os gols em cima do Internacional.

Confere aí os logotipos das cervejas mais tricolores do Estado e a descrição do próprio criador.

A Cerveja 1983 é uma homenagem ao primeiro clube gaúcho campeão do mundo. O segundo a conquistar o título mundial esperou 23 anos.

Uma homenagem ao glorioso Mazembe, vice-campeão Mundial de Clubes FIFA.

A cerveja Kidiaba é…

0 comentários:

Pesquisar neste blog

Total de visitantes

Seguidores

Tem alguém aqui?

De onde vocês são?

Archivo del blog