Alô, David Coimbra?


Tipo assim, como quem não quer nada, ontem à tarde eu dei uma ligada pro David Coimbra. Peguei o número que ele me passou por e-mail, disquei e ele atendeu. Eu me apresentei e disse que estava fazendo uma monografia sobre as reportagens dele. Humildemente, ele responde:

-Não tinha mais nada de interessante pra tu pesquisar, né!? – Não sei definir se foi uma pergunta ou uma afirmação. Sei que eu lhe disse que não – ou que sim? -, que os textos dele muito me interessavam e rendiam uma pesquisa.

Mais algumas palavras minhas e outras dele, e ele se dispôs, muito amigavelmente, a me conceder entrevista. Não definimos a data, pois ele estará fora nesse final de semana, e eu estarei ausente na próxima semana. Fiquei de ligar pra ele, de novo, pra combinarmos.

Ah! Uma coisa que definimos foi que a entrevista será ao vivo. Ele chegou a levantar a possibilidade de ser por telefone, mas eu retruquei dizendo que seria mais produtivo ao vivo. No que ele responde:

-Ao vivo é sempre melhor, né. – E completou com uma risada.

Ai ai. Minha monografia anda de vento em poupa mesmo.

0 comentários:

Pesquisar neste blog

Total de visitantes

Seguidores

Tem alguém aqui?

De onde vocês são?

Archivo del blog